Espírito de Profecia

As 4 Bestas de Daniel, capítulo 7

Neste estudo apresentaremos uma importantíssima visão que Deus enviou ao profeta Daniel que nos fará entender grandes profecias relatadas no livro de Apocalipse. O entendimento desta visão nos trará respostas a uma questão que tem chamado a atenção de muitas pessoas: Por que tantas religiões se Deus é um só? Qual o motivo desta verdadeira confusão religiosa que temos visto em nosso dia-a-dia?

A visão que mencionamos está relatada em Daniel no capítulo 7 (ler o capítulo todo – ler também Daniel 2). Daniel, em sonho, viu que quatro ventos (guerras – Jeremias 51:1-5) agitavam o grande mar (povos) e quatro animais (reinos) diferentes uns dos outros subiram deste mar. Para confirmar na Bíblia o significado destes e de outros símbolos, baixe a tabela de conversão profética, aqui.

1. Leão com duas grandes asas de águia
2. Urso com três costelas em sua boca
3. Leopardo com 4 cabeças e 4 asas
4. Animal terrível, espantoso e muito violento com dentes de ferro e 10 chifres.

As visões relatadas nestes dois capítulos (2 e 7) indicam que quatro impérios haveriam de dominar o mundo. A comprovação histórica destes acontecimentos, impressionam pela precisão da veracidade profética, pois tudo aconteceu nos mínimos detalhes, previstos há centenas e milhares de anos antes.

Leão com duas asas (Daniel 7:4)

(Babilônia – 605 a 539 aC)

O primeiro animal representa o reino de Babilônia cujo rei mais conhecido foi Nabucodonozor.  Em Daniel 2 este reino é representado pela cabeça de ouro da estátua que o rei viu em sonhos, por ter sido considerado o reino mais rico de todos os tempos. O leão é considerado o rei dos animais e a águia, a rainha das aves. Este animal é um leão que tem asas de águia, representando rapidez de conquista. Mas, diz a profecia, que suas asas seriam arrancadas, ou seja, seu poder lhe seria retirado.

4 bestas de Daniel capítulo 7

Clique para ver a imagem em tamanho original

Urso com 3 costelas na boca (Daniel 7:5)

(Medo-Pérsia – 538 a 331 aC)

Representa o segundo império mundial, o Império Medo Persa. Ouve uma união entre a média e a Persa, e assim eles conquistaram o mundo tirando o poder de Babilônia, penetrando em seus muros no espaço aberto por onde entrava um rio que haviam desviado o curso. Representado pelo peito e braços de prata na estátua do capítulo 2, este reino de muita crueldade, com diz o texto “…Levanta-te, devora muita carne.” Por isso as três costelas em sua boca pela voracidade na conquista da Líbia, Egito e Babilônia. Quando diz que um dos seus lados se levantou primeiro quer dizer que a Pérsia se destacou primeiramente e depois eles se uniram criaram mais força e dominaram o mundo.

Leopardo com 4 asas e 4 cabeças (Daniel 7:6)

(Grécia – 331 a 168 aC)

Se o leão tinha duas asas representando a rapidez de suas conquistas o que não dizer do terceiro império. A rapidez de conquista do leopardo seria muito maior. As quatro asas a rapidez das conquistas. Foi a rapidez com que o jovem Alexandre (o Grande), o grande estrategista militar que con-quisou o mundo com suas armas de bronze representado na estátua pelo ventre e coxas de bronze. Muito jovem, porém Alexandre, depois de uma noite de muita orgia e bebedeira morreu, sendo sido substituído por seus quatro generais: Cassandro, Lisímaco, Ptolomeu e Seleuco. Por isso as quatro cabeças vistas por Daniel neste animal. Percebemos com isto, a riqueza dos detalhes que a profecia apresenta. Os símbolos descritos há milhares de anos, aconteceu exatamente como o previsto.

Animal terrível e espantoso com dentes de ferro e 10 chifres (Daniel 7:7)

(Roma – 168 aC a 476 dC)

Este animal causou especial espanto em Daniel, por isso o chamou de terrível e espantoso. Muito violento. Com seus dentes de ferro despedaçava e devorava suas vítimas. Este reino teria também muita concentração de poder, por isso os dez chifres. Em Daniel 2 é representado na estátua pelas pernas de ferro. Foi no período do império romano que nasceu Jesus. Somente mencionar seus imperadores: Cesar, Herodes e Nero, vem à mente imagens de muita violência e crueldade. Mais uma vez a história comprova a veracidade da profecia.

Na visão deste animal, Daniel faz menção especial aos 10 chifres (10 dedos dos pés da estátua), que na história representam as 10 nações que originaram a Europa: Anglos (Inglaterra) – Burgundos (Suíça) – Francos (França) – Germanos (Alemanha) – Hérulos (Sul da Itália) – Lombardos (Norte da Itália) – Ostrogodos (Áustria) – Suevos (Portugal) – Vândalos (Sul da Espanha) – Visigodos (Norte da Espanha). Em sua visão (Daniel 7:8-11) mais um chifre surgiu entre aqueles dez arrancando com isso três para dar lugar a este que começou pequeno mas, se engrandeceu muito, com um aspecto bastante assustador, pois tinha olhos e boca de homem e falava com arrogância proferindo blasfêmias.

Chifre Notável ou Ponta Pequena

Qual será o significado deste animal e o que represente este chifre notável? O que isto tem a ver com a minha fé e a minha vida? Daniel também teve esta curiosidade (Daniel 7:19-20). A verdade sobre este animal irá surpreendê-lo também.

Em Daniel 7: 23 lemos: “Então ele [o anjo] disse: O quarto animal será um quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços.” A história mais uma vez comprova que o império romano realmente arrasou a terra. Por isso na estátua do capitulo 2 este reino é representado pelas pernas de ferro. Metal associado à violência, cadeias, etc. Foi nessa época, com a finalidade de encontrar o recém-nascido Jesus, que Herodes mandou matar todas as criancinhas abaixo de dois anos de idade.

A continuação do relato profético revela, além do aspecto político [Roma pagã – o animal], um forte aspecto religioso, principalmente no que diz respeito ao chifre [Roma cristã] que surgiu dentre os dez, derrubando com isso três deles. O texto revela uma lista de intenções e realizações que este chifre [poder] faria [e fez] revelando assim a estratégia satânica em se estabelecer, como um poder, em oposição a Deus (baseado em: Daniel 7, Daniel 8 e Apocalipse 18):

  • Devorará toda a terra (um objetivo global);
  • Fará a terra em pedaços;
  • Pisar a terra aos pés;
  • Fará guerra aos santos (de acordo com Apocalipse 14:12, santos são aqueles que guardam os 10 mandamentos);
  • Proferirá palavras contra o Altíssimo (o Altíssimo é o próprio Deus);
  • Magoará os santos do Altíssimo;
  • Cuidará em mudar os tempos e a lei (cuidariam em pisar na verdade dos 10 Mandamentos, mudando-a);
  • Engrandecerá até o Príncipe do Exército (atentariam contra a vida de Jesus – o Príncipe);
  • Jogará a verdade por terra (Daniel 8:12)
    (Deus – Jesus – Espírito Santo – A Bíblia – os 10 Mandamentos)Isto aconteceu no passado, acontece ainda hoje e continuará acontecendo no futuro;
  • Causará estupendas destruições (Daniel 8:25-26);
  • Prosperará e fará o que lhe aprouver;
  • Destruirá os poderosos e o povo santo (perseguição religiosa – inquisição – morte aos cristãos no fogo)
  • Fará prosperar o engano;
  • Destruirá a muitos que vivem despreocupadamente (Daniel 8:25-26)

Você tem se preocupado com a sua salvação? Você tem buscado o conhecimento da Palavra de Deus? Ou você tem vivido despreocupadamente, como muitos, não dando importância à s questões religiosas. Se for esta a sua situação, não viva mais assim. Comece agora a se preocupar com a sua salvação. Estude a Bíblia. Relacione-se mais intimamente com Deus. 

Assista ao vídeo deste tema:
https://www.youtube.com/watch?v=grs3DQfCFC8?rel=0
Estudo Bíblico da série Apocalipse, a Resposta de autoria do Pr. Luís Gonçalves.

WordPress Image Lightbox Plugin