Igreja Adventista do Sétimo Dia

Meu primeiro Jejum

Este projeto é um desafio àqueles que nunca jejuaram, ou que já há muito tempo não o praticam. Jejuar não é nenhuma penitência, ou se quer uma forma de fazer Deus prestar atenção em nós, pelo contrário é nossa maneira de nos aproximarmos Dele de maneira especial. Jejuar é criar melhores condições físicas e mentais para obter uma comunhão mais profunda com Deus.

Em nosso dia a dia cheio de correria e agitação quase não paramos para meditar e refletir em nossas ações. Agir assim continuamente nos leva a uma vida superficial e bastante perigosa, pois acabamos não medindo as conseqüências de nossos atos. Olhando ao redor infelizmente concluímos que a maioria das pessoas vive assim. O que poderíamos ensinar para esta nova geração sobre a benção de viver momentos especiais com Deus?

Creio que nosso projeto ganha lugar exatamente neste ponto, convidar meninos e meninas, rapazes e moças e por que não adultos, a viver um sábado especial de comunhão. No sábado dia 18 de Agosto preparar-se para passar um tempo todo especial de oração, estudo da Bíblia e louvor. É isso! Um grande dia dedicado ao Senhor de preparo, de entrega, de consagração, para sermos usados por Ele na missão de salvar.

Obs. Lembrando principalmente que os pequenos não conseguem passar o dia todo sem alimentação faz-se necessário alguns ajustes. O maior objetivo é ensinar a formar hábitos espirituais que marquem a vida de cada crente, desde as crianças até aos mais idosos.

Pensando nas várias faixas etárias aqui vão algumas orientações:

  • 1ª. Opção – Jejum completo 24h do pôr-do-sol de sexta ao pôr-do-sol de sábado.
  • 2ª. Opção – Jejum parcial de 12h começando após o desjejum do sábado até o fim do sábado. Quem sabe das 8h da manhã às 20h, período ideal também para vigília sugerida as igrejas que farão o sábado especial de jejum e oração.
  • 3ª. Opção – Jejum parcial de 8h, recomendado para adolescente e pessoas com alguma debilidade física que não possam ficar sem alimento por muito tempo.
  • 4ª. Opção – Jejum parcial de 6h, recomendado principalmente às crianças. Desafio possível para elas em função de não conseguirem ficar muito tempo sem alimentar-se.
  • 5º. Opção – Jejum parcial somente com uso de frutas e suco durante o período de 8h, 12h ou 24h.

O grande objetivo não é sofrer com a falta do alimento e então ganhar bênçãos de Deus pelo sofrimento vivido, isso é um grande equivoco. A maneira correta de viver este período de abstinência de alimentação e permitir ao corpo que tenha maior presença de oxigênio no sangue, permitindo assim maiores condições para mente trabalhar e comunicar-se com Deus em oração e estudo da Bíblia.

Quando nos alimentamos normalmente o corpo gasta pelo menos duas horas para processar o alimento, e muito sangue e energia e concentrado na digestão. Razão pela qual todos nos sentimos com o raciocínio mais lento, principalmente os que comem demais ou misturam muitos alimentos na mesma refeição.

Olhando pra tudo isso podemos concluir que jejuar nos ajudará a sentir quão importante e ter pleno funcionamento das faculdades do raciocínio, do domínio próprio, coisa imprescindível para tomada de boas decisões, além de ser o meio mais eficaz para nossa mente ser mais sensível a voz de Deus. O domínio próprio está totalmente ligado ao apetite, uma vez dominando-o nós podemos dominar muitas outras coisas em nossa vida.

Vale à pena desafiar todos os nossos irmãos, crianças, jovens e adultos a desenvolver o bom hábito de jejuar e orar. Estamos cada dia mais próximos a volta de Jesus, como estão nossa mente e coração para viver os últimos dias da história desse mundo?

Participe e convide toda sua igreja a viver esse dia especial de Jejum e Oração.

Quantos nunca jejuaram em sua igreja?

É Hora de desafiá-los a viver seu primeiro jejum.

Vamos juntos divulgar essa idéia.

“MEU PRIMEIRO JEJUM”

WordPress Video Lightbox Plugin