Mordomia Cristã

Vale a pena confiar no Senhor

Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle, e o mais Ele fará. Salmo 37:5

Batizado desde abril de 1992, eu e minha família vivíamos na zona rural, no município de Acrelândia, Acre. Nosso trabalho consistia em cuidar do gado e lidar com a lavoura; tínhamos uma vida de paz com Deus. No ano de 2001, resolvi entrar em sociedade com uma pessoa não cristã, em acordo para que não abríssemos a farmácia aos sábados. No início, mantivemos uma vida de comunhão, procurando influenciá-los na vida cristã; mas, com o passar do tempo, deixamos de lado os princípios divinos, mesmo não abrindo a farmácia aos sábados. Já não respeitávamos mais as horas sagradas, como deveríamos. Com o passar do tempo, abrimos uma segunda farmácia, adquirimos carro novo, casa com piscina e uma vida estável.

Não éramos fiéis ao Senhor, não devolvíamos mais os dízimos nem vivíamos de acordo com o que conhecíamos. Sem a orientação divina, entramos em um grande problema: contraímos uma dívida de mais de 100 mil reais, e isso fez com que a sociedade fosse desfeita. Resultado: falência. Nossa vida de conforto se transformou em miséria total; praticamente não tínhamos nem o que comer e tivemos que voltar para a zona rural, morando de favor e recebendo ajuda de familiares – um dos piores momentos de nossa vida. Quando tudo parecia perdido, numa tarde de 2006, abri meu coração a Deus, arrependido de tê-lo deixado fora de minha vida e decidi colocá-lo à frente de tudo.

Conversei com Jesus e disse que, daquele dia em diante, tudo pertenceria ao Senhor, seria fiel nos dízimos, nas ofertas e em todos os princípios que já conhecia. No dia seguinte, fui procurar emprego na cidade, em uma drogaria, mas tinha que trabalhar aos sábados. Não aceitei. Mas, com o passar dos dias,
a proprietária da mesma farmácia me deu emprego, com o sábado livre. Ali trabalhei por dois anos, morando de aluguel. Meus dias pertenciam ao Senhor e, em 2009, surgiu a oportunidade de adquirir uma farmácia endividada.

No primeiro dia em que entrei na minha farmácia, decidi ter Jesus como meu sócio, decidi ser fiel nos dízimos e ter um pacto de 5%, além de uma oferta de sacrifício semanal de 100 reais. Em pouco tempo, Deus nos ajudou a quitar todas as dívidas e ampliamos a drogaria. Também decidimos aumentar nosso pacto para
10% e mais uma oferta semanal de 200 reais, independentemente do resultado da semana. Com confiança em Deus, Ele nos ajudou; conseguimos reformar a farmácia e terminar a construção da Igreja Central do distrito de Acrelândia.

Jailson Salvador
Acrelândia, AC (União Noroeste Brasileira)

WordPress Lightbox Plugin