Mordomia Cristã

A menina dos olhos

Guarda-me como à menina do olho; esconde-me debaixo da sombra das tuas asas. Salmo 17:8

Durante sua infância e adolescência, Rose ouviu dezenas de histórias de pessoas fiéis, que experimentaram a providência de Deus em sua vida. Um dia, depois de passar por momentos de muita angústia, decidiu agir como os personagens dessas histórias e permitiu ser amparada totalmente por Deus.

Rose estava casada e tinha um menino de três anos e um bebê de um ano. Sua rotina se dividia entre o trabalho, as atividades domésticas, a igreja e também o hospital. Seus filhos viviam doentes. Quando um melhorava, o outro adoecia. Eles tinham alergias respiratórias, e o bebê tinha asma. Por morarem em uma cidade muito poluída, o bebê tinha crises semanalmente. E, cada vez que voltavam de uma consulta, deixavam parte de seu salário na farmácia.

Na época, frequentavam uma igreja pequena na zona leste de São Paulo. Seu esposo era o diretor e tesoureiro da igreja e, por esse motivo, dividia com ela suas preocupações a respeito de manter as contas da igreja em dia. Numa manhã de sábado, ao depositar sua oferta na salva, pensou em quão pouco estava dando para Deus e no quanto gastava na farmácia. Chorou quieta e, em seu coração, fez um voto ao Senhor. Se Ele ouvisse a sua oração e concedesse saúde aos seus filhos, ela daria mensalmente à obra de Deus o valor médio que gastava com remédios.

Naquela mesma semana, sua filha não teve crise asmática e seu filho passou a dormir bem. A segunda semana passou, e ela percebeu que seus filhos estavam praticamente libertos dos processos alérgicos. Louvou ao Senhor por ter respondido à sua oração e passou a doar mensalmente o valor que antes gastava com medicamentos. Os anos passaram, e seus filhos continuavam saudáveis.

Rose ainda lembra que, quando o esposo resolveu fazer teologia, teve que cancelar o plano de saúde, para diminuir gastos. Estava preocupada. Orou ao Senhor e pediu que, durante aqueles quatro anos de estudo, Ele concedesse saúde para a família. Deus assim o fez.
Quando pensa na maneira como o Pai Celestial tem guiado a sua vida e a de sua família, Rose se sente amada e protegida. Ela se sente como se fosse a menina de Seus olhos. Você também pode ter esse sentimento. Busque a Deus e Ele lhe mostrará Suas obras. Bom sábado!

Rosemeire Félix – UCOB

WordPress Lightbox Plugin