Jovens

J.A. 1 – Deus é Amor – 4º Tri/2014

 “Aquele que não ama, não conhece a Deus, pois Deus É Amor!”. 1 João 4:8

LOUVOR

  • Maior que Tudo (Ministério de Louvor 2006)
  • O Amor de Jesus (H.A. 123)
  • O Poder do Amor (CD JA 1999)

TESTEMUNHO

“Três palavrinhas só… Eu aprendi de cor: ‘Deus é Amor!’ Oh que maravilha é esse amor!”

Estas palavras são a letra de um corinho que aprendi quando criança, ou seja, elas me acompanham a vida toda, mas infelizmente, nem sempre eu consegui compreender toda a beleza e verdade contidas nestas simples (porém profundas) palavras. Ao mesmo tempo em que cantava “Deus é amor” na igreja, convivia com a realidade de um pai severo, nervoso e autoritário em casa. Hoje compreendo o quanto nossos pais influenciam, desde a infância, o modo como veremos e compreenderemos a Deus durante a nossa vida. As impressões dos primeiros anos da infância, ficam marcados por muito, muito tempo…

Com um pai nervoso e autoritário, de modo inconsciente assimilei a ideia de que Deus, o Pai Eterno, também era nervoso e autoritário. Eu era uma criança, e crianças não gostam de ver seus pais nervosos… Eu sempre procurei fazer tudo o que meu pai mandava. Sempre fui extremamente obediente! Mas também cresci com muito medo… Estas duas palavras, obediência e medo, me acompanharam durante todo o meu desenvolvimento como pessoa. Era realidade em relação ao meu pai biológico. Se tornou realidade em relação ao meu Pai Eterno…

Um dia, meditando sobre Deus, lembrei-me do nome com que ele se apresenta a Moisés em uma sarça ardente: EU SOU O QUE SOU! 

De repente, não mais que de repente (como diria o poeta) tudo fez sentido: Deus É o que Ele É! Comecei a buscar rapidamente, na memória, os textos bíblicos que falam sobre quem Deus É, e então aquelas simples palavras voltaram, irrompendo como a luz de milhões de sóis, clareando o coração anoitecido do menino assustado e obediente que existe dentro da armadura… “Três palavrinhas só… Eu aprendi de cor: ‘DEUS É AMOR!’ Oh que maravilha é esse amor!”

Hoje, minha maior alegria é poder falar deste Deus e Seu imenso amor a todas as pessoas que eu encontro. E descobri que este Deus de Amor, é também, Irresistível!

ORAÇÃO INTERCESSORA

Divida a congregação em duplas, concedendo a oportunidade para que cada pessoa, em diálogo com sua dupla, descreva sua percepção sobre o significado de “Deus É Amor”. De que modo ela entende isto e como, ao longo da vida, esta verdade pode ter sido esquecida ou não. Após isto, cada pessoa orará pela dupla de oração, a fim de que esta pessoa possa sentir e compartilhar o amor de Deus em sua vida.

MENSAGEM

Jesus disse: Ninguém jamais viu ao Pai (Deus), quem vê a mim, vê ao Pai.

Jesus Revelou o caráter de Deus.

João foi um dos discípulos escolhidos por Jesus.

Ele foi o único dos escritores da Bíblia que esteve ao pé da Cruz.

(Ellen White diz que a Cruz foi o momento em que o caráter de Deus foi integralmente revelado).

Depois de 60 anos refletindo sobre tudo o que viu e viveu (O ministério de Jesus, o surgimento da Igreja, as revelações que deram origem ao livro de Apocalipse) João vai escrever seu legado para a Igreja: o Apocalipse, 3 Cartas e um Evangelho.

A essência de sua tradução da realidade de Deus é que “Deus É Amor”, logo, como representantes deste Deus, devemos refletir este caráter de amor em tudo o que fazemos, em todos os nossos relacionamentos, em todas as nossas motivações.


ESPÍRITO DE PROFECIA

Patriarcas e Profetas (Primeiro livro da Série “Conflito dos Séculos”), Primeiras linhas do livro

“Deus é amor.” Sua natureza, Sua lei, são amor. Assim sempre foi; assim sempre será. “O Alto e o Sublime, que habita na eternidade”, “cujos caminhos são eternos”, não muda. NEle “não há mudança nem sombra de variação.”  Toda manifestação de poder criador é uma expressão de amor infinito. A soberania de Deus compreende a plenitude de bênçãos a todos os seres criados. Diz o salmista: A história do grande conflito entre o bem e o mal, desde o tempo em que a princípio se iniciou no Céu até o final da rebelião e extirpação total do pecado, é também uma demonstração do imutável amor de Deus. 

O Grande Conflito, (Último livro da Série “Conflito dos Séculos”), Últimas linhas do livro

O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado. Uma única palpitação de harmonioso júbilo vibra por toda a vasta criação. DAquele que tudo criou emanam vida, luz e alegria por todos os domínios do espaço infinito. Desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e perfeito gozo, declaram que Deus é amor. 


MÃO NA MASSA

Louvor: As músicas e hinos cantados neste culto devem focar o tema principal. Escolha mensagens relacionadas à certeza do Amor de Deus e dos Atributos dEle. 

Testemunho: O testemunho apresentado aqui é uma síntese do testemunho do próprio autor. Certamente em sua igreja, histórias de incompreensão acerca do caráter de Deus se repetem. Escolha alguém que possa transmitir entusiasmo ao falar sobre o Amor de Deus.

Oração Intercessora: A chave do momento de oração intercessora desta semana é cada pessoa orar pela sua dupla da dinâmica de oração.

Mensagem: Esta parte deve ser dirigida por alguém experiente, que fale bem e tenha conhecimentos sobre a Bíblia. Escolha sempre com cuidado a pessoa que fará a mensagem de seu programa, pois nas mãos dela está o esclarecimento principal do tema. Aqui foi colocado um esboço das linhas mestras que poderão ser ampliadas de acordo com o critério do mensageiro.

Pr. Otacílio Porfirio 

WordPress Video Lightbox