Ministério da Criança

A alegria de Jean Paul – 08/Mar

Jean Paul vive em Dakar, a capital do Senegal . Ele se sentia triste e solitário. Queria fazer
amigos, mas as crianças o evitavam ou fingiam que não o viam. Para ele, a hora mais difícil era a do recreio. As crianças
jogavam futebol, seu esporte favorito, mas ninguém o convidava para jogar.

Sabem, ele tinha uma doença chamada poliomielite. Essa doença deixa as pernas fracas e a pessoa não consegue
andar. Por isso, ele precisa de uma cadeira de rodas para se locomover.

Os pais de Jean Paul também estavam preocupados. A escola não queria mais aceitá-lo. “Não podemos atender
às necessidades de Jean Paul”, explicava o diretor. “Temos escadas e seu filho não pode subir.” Então, os pais de Jean
Paul visitaram várias escolas na cidade, mas quando os diretores ficavam sabendo que Jean Paul usava cadeira de
rodas, diziam que não podiam atender às suas necessidades.

África Ocidental e Central que precisam aprender que Jesus Se importa com elas.
Encontrando uma escola Certo dia, alguém sugeriu que visitassem a pequena escola adventista na cidade. Talvez, Jean Paul pudesse
estudar lá. Os pais se dirigiram à escola. Não era tão bonita como as outras, mas o diretor foi muito educado ao
recebê-los e mostrar a pequena escola com três salas de aula.

Quando os pais de Jean Paul voltaram à diretoria da escola, eles se entreolharam e disseram ao diretor: “Nosso
filho é um aluno brilhante, mas não pode andar. Ele teve poliomielite e precisa usar cadeira de rodas.” Os pais
esperaram o olhar de rejeição, mas o diretor sorriu e disse: “Vocês gostariam de trazer seu filho
para conhecer as crianças? Vamos arrumar as instalações para que ele se sinta confortável.”
Na manhã da segunda-feira, os pais levaram Jean Paul para a escola adventista. Ele se ajeitou na cadeira
de rodas e os pais o conduziram até a escola.

O diretor se aproximou da família e apresentou Jean Paul aos colegas. As crianças deram boas-vindas e o
professor mostrou o lugar em que o menino se sentaria. “Seja bem vindo!”, as crianças disseram.
Sentindo-se em casa Durante o recreio, as crianças correram em direção à porta da sala.

Jean Paul moveu a cadeira de rodas em direção à porta e descobriu que os meninos tinham colocado
uma peça de madeira para ajudá-lo a sair da sala. As crianças correram para jogar futebol, mas ele ficou
em seu lugar. O professor se aproximou de Jean Paul e perguntou: “Você gosta de jogar futebol?”
“Sim, senhor”, Jean Paul respondeu, “gosto de ser goleiro.”

“Lucas! Omar! Acho que temos um novo goleiro para o time!”, o professor anunciou. Omar correu e
olhou para o professor. “Jean Paul disse que é goleiro”, o professor repetiu. “Vocês acham que o time pode
contar com ele?” Omar viu o sorriso do professor e disse: “Claro!” Omar empurrou a cadeira
de Jean Paul até a trave do gol e ele deslizou até o chão. Jean Paul não
podia andar, mas podia se mover com rapidez! O jogo começou, e ele conseguiu
evitar vários gols, agarrando a bola ou balançando o corpo para evitar que ela entrasse.

Daquele dia em diante, Jean Paul se tornou o goleiro do time da escola adventista em Dacar.
“Estou muito feliz de estar nesta escola”, diz Jean Paul. “As crianças aqui são gentis comigo. Elas me deixam
brincar e me incluem em seus grupos de trabalho em sala de aula.” Apenas algumas crianças na escola
de Jean Paul nasceram em lares adventistas. A maioria é muçulmana, pois o Senegal é um país de maioria
muçulmana. Mas, estando juntas, elas aprendem a servir a Deus e respeitar um ao outro.

A oferta do décimo terceiro sábado deste trimestre ajudará a construir mais salas de aula na pequena
escola adventista. A oferta das nossas crianças ajudará a comprar livros para montar uma biblioteca para que
todas as crianças possam ler mais sobre Deus.

senegal-bandeira

senegal-bandeira

Resumo missionário

  • O Senegal é o país mais ocidental da África. Dakar é a capital, é a maior cidade do país e está localizada perto do Oceano Atlântico.

  • O clima na região é tropical com duas estações: chuvosa e seca.

  • Existe muita vida selvagem no país. Grandes animais como: elefantes, leões, chitas e antílopes, vivem na metade oriental do país, onde há poucas pessoas.

  • Francês é o idioma oficial, mas a maioria da população também fala um dialeto africano.

  • Aproximadamente 94% da população são muçulmanos. Cristãos e religiosos tradicionais africanos compõem os 6% restantes.

WordPress Lightbox Plugin