Ministério da Criança

Entre Barracas e Tendas

Texto bíblico: “Quão belas são as suas tendas, ó Jacó, as suas habitações, ó Israel!” Números 24:5.
Baixe a folha de atividade especial desse sábado!

Objetivo: Falar sobre as campais da época dos pioneiros. Referência do Dia do Desbravador.

Recursos: Uma barraca simples ou uma tenda desmontável. Sugestão: pedir que o Clube de Desbravadores deixe uma barraca montada previamente, ou, se houver espaço, os desbravadores montarem uma, enquanto a história é contada.

Introdução: Hoje é um dia especial, porque comemoramos o Dia do Desbravador. Antes de surgir na mente de uma pessoa, o Clube de Desbravadores já tinha surgido no coração de Deus. Desde o início da Igreja Adventista, os líderes sempre se preocuparam com as crianças, os adolescentes e os jovens. Foi Tiago White, por exemplo, que teve a ideia de preparar a lição da Escola Sabatina para ensinar os jovens. Outra ideia foi realizar acampamentos ou campais (como eram chamadas) para que as famílias ouvissem mensagens que ajudariam na educação de seus filhos; mensagens sobre saúde e outros assuntos importantes. Na época de Tiago e Ellen White, eles participaram de muitas dessas reuniões. Muitas vezes, eles eram convidados para falar às pessoas. E acampamento tem tudo a ver com Desbravadores, não é? Que tal conhecermos algumas coisas curiosas sobre os primeiros acampamentos?
História: O primeiro grande acampamento adventista foi realizado em 1868, em Michigan, nos Estados Unidos, e ele serviu de modelo para que outras reuniões desse tipo fossem realizadas em outros lugares. A ideia funcionou e, dentro de pouco tempo, foram realizados acampamentos em outros estados americanos.
Quantas pessoas vocês acham que participavam desses acampamentos? Houve acampamentos em que estiveram presentes 2.000 pessoas; em outros 3.000 pessoas. Mas houve um que superou todos os demais em número de pessoas. Estiveram presentes 20.000 pessoas! Já imaginaram isso? Aconteceu em Groveland, em Massachusetts. As pessoas chegavam de todas as partes, usando os meios de transportes da época. Só para vocês terem uma ideia, 18 trens diários saíam da cidade mais próxima e deixavam os passageiros no acampamento. Alguns chegavam de barco. As multidões nos fins de semana eram incríveis, e não parava de chegar gente. Já não havia mais lugar para as pessoas sentarem. Então, algumas subiram em árvores para poder ouvir melhor a Sra. White. Isso nos faz lembrar a história de alguém? Isso mesmo! Zaqueu.
Porém, o que tornava esses acampamentos mais legais é que, no fim deles, muitas pessoas entregavam o coração a Jesus e eram batizadas. Os anjos de Deus estavam presentes nesses acampamentos e as pessoas sentiam a proteção deles. Como os desbravadores, os adventistas eram conhecidos pela organização e pelo cuidado com que faziam as coisas. Mais uma curiosidade é que, quando Ellen White morreu, estava havendo uma campal na Califórnia. Como era caminho para Battle Creek, os organizadores pediram que fosse feita uma cerimônia ali, e mais de mil pessoas puderam se despedir dela. Isso mostra o quanto ela era querida!

Apelo: Não sei se todos vocês gostam de acampar. Mas os Desbravadores costumam esperar com ansiedade esse acontecimento, pois é algo especial. Um dia, haverá uma grande reunião, da qual participarão todos aqueles que desejam estar com Jesus. Será muito especial! Que todos estejamos lá, e parabéns para os Desbravadores!

Baixe esse livreto completo!

WordPress Lightbox Plugin