Saúde

Prática de exercício físico

Estudos demonstram a importância dos exercícios físicos como fator que ajuda na terapia e medicação para melhora de sintomas depressivos. Uma das maiores análises de artigos científicos sobre o assunto, que levou em conta 25 pesquisas, identificou que o exercício produziu efeitos clínicos marcantes contra a depressão.

O exercício físico libera, no cérebro, substâncias que proporcionam a sensação de paz e tranquilidade. São as endorfinas, neuromediadores ligados à gênese do bem-estar e do prazer. Por ser um potente liberador de endorfina, o exercício físico cria a boa dependência quando praticado regularmente e faz falta como faria qualquer outra substância associada ao prazer.

Qualquer atividade física em que haja gasto de energia e aumento do metabolismo, seja ela ocupacional (subir escadas, carregar um pacote, fazer compras, lavar o carro, varrer a casa), seja formal (pedalar, nadar, dançar, caminhar, correr), é levada em conta para gasto calórico diário da pessoa.

Orientação

Os adventistas sugerem que as atividades físicas sejam feitas diariamente, pelo menos 30 minutos a cada dia. Há, também, pesquisas recentes que falam que três sessões de 10 minutos proporcionam os mesmos benefícios que uma sessão de meia hora.

Dicas práticas

  • Faça um plano de atividades físicas, mas sempre consulte um médico antes de iniciar. Leve em conta aspectos como frequência, intensidade, tempo e tipo de atividade física.
  • Aprenda mais sobre exercícios físicos e pesquise assuntos relacionados a seu interesse particular.
  • Avalie seu desempenho.
  • Comece de uma vez, movimente-se e mantenha esse programa.
  • Carol Oliveira

    Bom dia, Meu nome é Carolina e gostaria de saber se fazer uma aula de zumba em casa é adequado? Ou não podemos praticar essa atividade?

    • Ana Karina Lima

      tb queria saber

WordPress Video Lightbox Plugin