Missão Global

Plantio de Igrejas

Plante igrejas, plante o futuro

Em primeiro lugar o plantio de igrejas não é uma atividade a mais, é o estilo de vida da igreja remanescente. Deus está levantando este movimento em um tempo solene da história. O sonho de ver nascer uma nova igreja começa mesmo, é no coração de Deus, assim devemos sintonizar o nosso coração com o dEle ao multiplicar o reino de Deus.

Princípios fundamentais

As primeiras palavras que uma pessoa pronuncia ao assumir um responsabilidade são muito importantes, as ultimas também. Deus expressou seu propósito a criatura humana, Genesis 1:28, diz: “Sede fecundos, multiplicai-vos”. A multiplicação foi e é o plano de Deus ao criar a raça humana, queria que seu reino se multiplicasse. Depois do dilúvio, quando todo começou de novo, ali estava Noé e sua família, Deus ratifica seus propósitos em Genesis 9:1 “Sede fecundos, multiplicai-vos”.

Deus não mudou. Ele é o mesmo na história. Ele quer filhos e quer descendência. Quem não tem descendência não tem nada. Quando nos apresentarmos perante Deus naquele dia, diremos aqui estou eu e os filhos que me destes. Deus começou todo de novo com Abraão, ele repetiu o mesmo discurso: “Te multiplicarei extraordináriamente”. Gênesis 17:2. Deus ratifica seus propósitos, ao final a vida mesma da igreja depende de sua capacidade de se multiplicar

Multiplicação é sinônimo de vida

Esterilidade é sinônimo de morte, e se alguma igreja, pequeno grupo ou discípulo está estéril, Deus pode curar e devolver a fecundidade. Pela graça de Deus no 2011 no território da Divisão Sul-Americana nascerão do ventre de muitas igrejas férteis, duas mil novas igrejas e nove mil no quinquênio. Temos ainda mais de três mil cidades sem presença adventista e muitos milhares de bairros que nunca ouviram da mensagem de salvação.

A Bíblia diz em Mateus 9:35 que Jesus percorria as cidades e povoados; “…E vendo ele as multidões, compadeceu-se delas”. Jesus teve compaixão. E acrescenta mais. “Porque estavam aflitas, exaustas como ovelhas que não tem pastor”. Hoje, quando Jesus percorre as cidades e povoados onde o evangelho ainda não chegou seu coração de enche de compaixão. Ao final o texto diz: “A seara é grande e os obreiros são poucos e então dá a receita: “Rogai ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara”.

Precisamos orar, clamar, sem dúvida Deus vai levantar obreiros para esses lugares. Deus quer reavivar sua igreja para ter o mesmo sentimento de compaixão que teve Cristo Jesus, para multiplicar igrejas, espalhar o reino de Deus por todo mundo através da plantação de novas igrejas. Participe, plantando esperança você também!

Perguntas frequentes

O que é Missão Global, que objetivos persegui e que atividades e ações envolvem esta área?

A assembléia da Associação Geral de 1990 votou a implementação de uma estratégia Global para concluir a obra da proclamação do Evangelho a todo o mundo. Essa iniciativa é conhecida como Missão Global.

Alguns objetivos claros são:

Estabelecer uma congregação local em todos os grupos de pessoas onde atualmente não temos presencia.
No nível Global, estabelecer a presencia adventista em cada grupo geopolítico e lingüístico.
Diminuir significativamente a quantidade de Adventistas por habitante.
Impactar as grandes cidades.

Missão Global envolve também a evangelização a grupos minoritários, tais como: Surdos, cegos e grupos étnicos religiosos tais como: Judeus, ciganos, também grupos imigrantes que são minoria..

Quantas cidades foram alcançadas nos últimos quatro anos por ações da Igreja Adventista e em relação a municípios como esta a presença da igreja? Queremos fazer um mapa disso.

Nos últimos quatro anos a igreja Adventista tem plantado 2.743 novas congregações o que equivale a 685 igrejas por ano, e cada ano tem sido maior o numero de igrejas plantadas como mostra o seguinte gráfico:

Ano Novas Congregações
2005 624
2006 592
2007 706
2008 821
Total 2.743

Em relação a Municípios no ano 1988 nos oito países da Divisão Sul Americana existia 7.099 municípios e nos quais nos tínhamos presença em 2.932 o que equivale a 41% de municípios com presencia.
Em 2008 os municípios aumentaram a 9.386 e nesse mesmo ano se registrou a presencia adventista em 5.564 o que equivale a 59%
Quere dizer que vinte um anos atrás nos tínhamos presencia Adventista em 41% dos municípios e no ano 2008 já avançamos a 59%
No mês de maio nos teremos todos os dados estadísticos publicados em um numero especial da revista adventista..

O projeto Calebe é uma iniciativa dentro da Missão Global e como funciona?

Seis anos atrás simultaneamente começaram a surgir algumas iniciativas em diferentes lugares convidando jovens e alguns voluntários para dedicar suas férias para Deus, a idéia original era ir a lugares onde não se tinha a presencia adventista, posterior mente a União Nordeste adoto o nome de Projeto Missão Calebe, posteriormente no mês de maio do 2008 a Divisão Sul Americana votou incluir-lo como uma estratégia para a plantação de igrejas e fortalecimento de congregações com presencia Adventista. Baixo a liderança do Ministério Jovem e com o apoio de Missão Global. Atualmente os que coordenam o projeto têm dedicado 25% de equipes para lugares sem presença adventista. Este projeto se há tornado uma bênção para a igreja..

Quais são os principais projetos em andamento atualmente no Brasil e na América do Sul em termos de Missão Global e quais os resultados já vistos até agora?

O projeto Missão Calebe é um projeto que ajuda na consolidação de novas congregações, ultimamente diversos novos projetos tem surgido para cumprir esta missão:

Projeto: “Terra de esperança” na UNeB, que tem como objetivo cobrir todos os municípios com a presencia adventista nos próximos seis anos, para isso organizaram diversos grupos sustentadores para apoiar a evangelização nesses lugares.

Projeto: “Abraão” na USB que consiste em convocar voluntários e dedicar um ano de suas vidas a Deus, a idéia é enviar esses pioneiros para morar nesses lugares e iniciar o estabelecimento de uma nova igreja.

Projeto: “Macedônia” na UPN, que consiste em ter 2 impactos por ano, com pastores, professores e voluntários para impactar uma região alvo, a idéia e que no primeiro impacto esses grupos visitem as igrejas mais próximas dos locais onde não se tem presencia, uma vês fortalecidas e instruídas, o próximo passo é sair com essas igrejas a os lugares sem presencia. Esse projeto tem sido uma bênção.

Projeto: “Cada igreja Plantando uma outra Igreja” na UEB, consiste em fortalecer as igrejas plantadoras de igrejas, conscientizar as igrejas que o verdadeiro fruto, verdadeiro desafio não é somente batizar pessoas se não plantar outra igreja.

Projetos Especiais: Desenvolvido com sucesso na UCB, que consiste em chegar a grupos étnicos minoritários, este esforço tem alcançado com sucesso comunidades Coreanas, Japonesas, Judias, Árabes, Hispânicas, alem de estabelecer uma igreja no centro de São Paulo orientada a alcançar mentes pós Modernas e Secularizadas.

Qual a cidade brasileira mais desafiadora e, na América do Sul, qual é a mais desafiadora? Ou seja, a cidade que apresenta a pior proporção de adventistas para o número de habitantes.

Em Brasil entre as treze cidades com mais de um milhão de habitantes, Rio de Janeiro encabeça a lista de cidades com maior índice de habitantes por Adventista.

RJ – Rio de Janeiro, 349 habitantes por adventista.
SP – Campinas, 260 habitantes por adventista.
CE – Fortaleza, 241 habitantes por adventista.
PE – Recife, 201 habitantes por adventista.

Qual a cidade com melhor representatividade adventista no Brasil e na América do Sul?

Considerando as cidades com mais de um milhão de habitantes, em Brasil, Manaus é a cidade com menor índice de habitantes por adventista: 33

PA – Belém, 35 habitantes por adventista.
PR – Curitiba, 117 habitantes por adventista.
GO – Goiânia, 118 habitantes por adventista.

Quando a Igreja começou a trabalhar isso de modo mais definido?

No ano de 1976, o documento: “Evangelismo e terminação da obra” produzida pela Associação Geral, motivou os programas “Mil dias de colheita” e “Colheita Noventa” Estes programas de evangelização produzirão uma década de crescimento sem precedentes na igreja Adventista do Sétimo dia. Entre tanto os dirigentes da igreja reconheceram que ainda com o êxito dos programas, extensas áreas do mundo continuavam ignorando totalmente a mensagem adventista. A Igreja reunida na assembléia mundial no ano 1990 votou a criação de uma estratégia para terminar a proclamação do evangelho no mundo. Esta iniciativa é conhecida como Missão Global.

O desafio da penetração evangelística poderia ser dividido em forma territorial e segmentado?

A primeira coisa é considerar a hora de plantar uma nova igreja é a escolha da igreja Mai que servira de apoio a nova congregação.

Segundo os estudiosos para um rápido crescimento da igreja é importante que as novas igrejas estejam próximas das igrejas já existentes. E assim seguir avançando geograficamente. Este é o modelo Paulino de plantação de igrejas. (Abdala Emilio, Guia de Plantio de Igreja, p. 51).


»
Próximo
WordPress Lightbox