Jovens

Testemunho – Dora Machaca

DoraMachaca2Meu nome é Dora Machaca Flores, tenho 29 anos e venho do Peru. Sou professora e fiquei sabendo do projecto “Um ano em missão” em Julho de 2013, enquanto participava do Encontro de Líderes do Ministério Jovem da União Peruana do Norte na cidade de Tarapoto, ao norte do meu país. Foi nesse momento que senti o chamado de Deus e pedi a Ele uma oportunidade para participar do projeto. Mas tomar uma decisão assim não é tão simples, precisava avaliar o fato de parar tudo em minha vida e ir a outro país para servir a Deus. Trabalho, estudos, planos, tudo iria mudar um pouco. É bom saber que Deus estava do meu lado, Ele falou comigo através dos meus pais e foi assim que cheguei a fazer parte do grupo de voluntários 2014.

Ao chegarmos em Montevideo eu imaginei que pregar o evangelho para as pessoas não seria difícil, pois fomos muito bem recebidos no aeroporto, mas eu estava enganada. Nos primeiros dias percebemos que nem todo mundo estava disposto a receber a mensagem de salvação. O tempo foi passando e não desanimamos, levamos avante nossos projetos e Deus trouxe até nós pessoas cujos corações já estavam preparados para receber a mensagem.

O dia a dia na campanha gira em torno de visitas e estudos bíblicos que realizamos com os nossos estudantes da Bíblia, a atenção no centro de influência da Radio Nuevo Tiempo e os projetos ali realizados; no meu caso eu trabalho no Liceo Adventista de Montevideo. Participamos também do Programa de Rádio Encuentro Marcado.

O que mais gosto de toda esta experiência é a oportunidade que temos de desenvolver amizade e criar um relacionamento com todos aqueles que procuram as verdades da Bíblia.

Dificuldades? Sim, temos muitas, a mais difícil para mim foi ver como muitas pessoas que recebiam estudos bíblicos enfrentavam provações. Parecia que quanto mais perto elas ficavam de Deus, mais problemas tinham que enfrentar. A melhor parte foi ver como Deus não as deixava e respondia cada oração feita com o coração sincero. Eu, particularmente, fiz amizade com uma senhora que sofria muito depois de ter separado do marido. Ela tinha muita aflição no coração e nós sentíamos essa dor como se fosse nossa. Mas Deus operou um milagre porque aos poucos foi como se essa senhora quase voltasse à vida mesmo; começou a sorrir e louvar a Deus e decidiu se batizar. As filhas desta mulher participam hoje da igreja, mesmo morando em outros países. Deus a livrou da depressão. Situações como essa mudam minha vida!

Ser voluntária e dedicar todo este tempo à obra de Deus foi a melhor escolha que já fiz na vida. Eu mudei minha visão de mundo totalmente. Aprendi a depender de Deus e não das minhas próprias forças e fui testemunha do poder da oração e dos milagres ocorridos na vida de muitas pessoas. As promessas de Deus adquirem sentido em nossas vidas se buscarmos sempre Sua presença e fazermos dEle a nossa melhor escolha.

Texto extraído de Um Ano em Missão. Tradução livre.

  • Antonio Maciel

    Se preciso ”pagar o preço” não foi pela graça, se preciso participar de cultos de ”quebras de maldições”, a morte de Jesus não foi suficiente, se preciso fazer ”sacrifícios”, o sacrifício de Jesus foi em vão, se o caminho é através do dízimo, Jesus mentiu quando disse ser ele o caminho.
    Meus irmãos! Se precisamos de sacrifícios, ofertas, preços à pagar e todas essas leis impostas pelo homem, estamos com atitudes declarando que a mensagem de Jesus é mentirosa.

WordPress Video Lightbox