Evangelismo

10 Dicas para a distribuição de livros

Nos últimos anos, em 8 países da América do Sul (Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Peru, Paraguai, Uruguai), jovens adventistas saem às ruas, praças, shoppings, entre outros lugares, para levar um presente de Deus ao mundo: Sua Palavra. A cada ano, os jovens saem às ruas para presentear a sociedade com sua alegria e esperança. Ao unir-se a esse desafio, considere essas 10 dicas que podem ajudá-lo(a) a ser bem-sucedido.

  1. Não tenha outros interesses além da salvação das pessoas.
  2. Não menospreze o valor dessa literatura pelo fato de você distribuir o livro gratuitamente.
  3. Não desperdice o livro jogando-o nas caixas de correio. Agindo assim, você faz com que a preciosa mensagem se perca entre outras correspondências, catálogos e propagandas.
  4. O dia do Impacto Esperança, é uma data especial em que todo o território sul-americano será alcançado ao mesmo tempo com a mesma mensagem de esperança. Não faça planos que o impeçam de participar dessa iniciativa única.
  5. Honre a esperança que há em seu coração, promovendo eventos e projetos que despertem nas pessoas a curiosidade pela mensagem do livro. Se esses eventos forem bem planejados e devidamente divulgados, terão o apoio da mídia.
  6. Não tenha medo dos que irão receber você com cara feia, desconfiados. São esses os que mais precisam da esperança.
  7. Não desperdice seu tempo jogando conversa fora, por mais amigáveis que sejam as pessoas. Faça seu contato evangelístico de forma atenciosa e volte outro dia à casa dos interessados, de modo que você possa alcançar o maior número de pessoas.
  8. Não saia desacompanhado(a) e sozinho(a), nem se coloque voluntariamente em lugares perigosos. Por que você iria tentar ao Senhor?
  9. Não pule as casas de seu território, tampouco deixe de oferecer a literatura por julgar que alguém não terá interesse em recebê-la. Recorde-se de que o homem vê o exterior, mas Deus conhece o coração.
  10. Não deixe de conhecer e praticar a mensagem que você oferece às pessoas. Pelo contrário, fale por meio de suas palavras e de seu exemplo pessoal.

Texto de Guilherme Silva, originalmente publicado na Revista Adventista de fevereiro/2012 | Site e Twitter.

WordPress Lightbox Plugin