Educação

História

Os adventistas do sétimo dia começaram sua busca por uma educação integral e de qualidade, com o propósito de oportunizar aos seus filhos o preparo acadêmico em conformidade com os princípios cristãos. Em 1875, a Educação Adventista teve seu início com a abertura do Battle Creek School, Michigan, que se destinava a atender os níveis elementares e secundários do Ensino Básico. Desde que surgiu, a rede ampliou sua atuação em todos os continentes, expandindo sua clientela a todos aqueles que simpatizam com sua filosofia e seus métodos.

América do Sul

Na América do Sul, o processo se deu concomitantemente com os projetos missionários na região. O casal Craig se estabeleceu em Buenos Aires, em 1893, e fazia da própria casa uma escola, que depois funcionou na residência do também missionário pastor Franck Westphal. Os pioneiros queriam ensinar os filhos os valores de caráter que julgavam necessários para formar pessoas de bem. Contudo, o que começou pequeno, em casas ou anexo a igrejas adventistas, cresceu e se tornou a gigantesca rede de educação de hoje. Por isso, olhar para o passado e para as diversas faces da Educação Adventista ajuda a entender que ela não é uma simples rede de ensino.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia, na América do Sul, possui mais de 850 instituições de ensino com aproximadamente 230 mil alunos distribuídos em Ensino Fundamental, Médio e Superior. Cerca de 140 mil no Brasil e 90 mil no Equador, Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Paraguai e Uruguai. Um batalhão, cerca de 15 mil professores é responsável pela formação desses indivíduos que muitas vezes são atraídos pela bandeira da educação integral, que foca a pessoa no seu todo – físico, mental e espiritual.

Essa história é bem visível em São Paulo e nos Estados do Sul do Brasil, que juntos possuem o maior contingente de alunos da Divisão Sul-Americana: mais de 70 mil alunos. São escolas amplas, bem equipadas e o programa de estudos é formado com as matérias do currículo oficial somadas a algumas bem peculiares, como Educação para a Vida que, entre outras coisas, ensina a cuidar dos afazeres domésticos, preparar uma refeição e estimula o empreendedorismo.

Foi na região Sul do Brasil que a Educação Adventista fez história, com o primeiro colégio particular fundado por uma família adventista em Curitiba, em 1896, e com a escola paroquial de Gaspar Alto, Santa Catarina, fundada um ano depois.

Na Rede Adventista de Educação, tanto os grandes e modernos quanto os pequenos e modestos têm atenção igualitária no fornecimento de serviços educacionais e estilo de convivência. Muda o lugar, mas a qualidade é a mesma.

WordPress Lightbox