Ministério da Criança

Uma Brilhante Luz que se Apagou

Texto bíblico: “A Tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho.” Salmo 119:105.
Baixe a folha de atividade especial desse sábado!

Objetivo: Mostrar o perigo que as pessoas correm quando escolhem fazer a própria vontade. A triste história de John Harvey Kellogg.

Recursos: Caixas de cereais com a marca Kellogg, uma porção de flocos de milho num pote transparente, lâmpada ou vela que possa ser apagada no fim da história, uma Bíblia.

Introdução: A história de hoje é sobre o homem que criou esses flocos de cereais. Vocês sabiam que Kellogg era o sobrenome de um homem chamado John, que foi um médico famoso, muito inteligente, que Ellen e Tiago White amava como a um filho? Infelizmente, ele se tornou muito orgulhoso e acabou fazendo escolhas erradas em sua vida, deixando os caminhos de Deus.
História: John Harvey Kellogg foi criado numa família ativa da Igreja Adventista. Era um rapaz brilhante, com uma inteligência incrível. Quando estava com 21 anos de idade, Tiago e Ellen White aconselhou que estudasse Medicina. Na verdade, eles até ajudaram a pagar os estudos dele. Kellogg era um homem preocupado com a saúde das pessoas e ele ajudou a cuidar do primeiro hospital adventista que foi construído na cidade de Battle Creek.
Foi ele quem inventou os famosos cereais matinais de milho. Mas não foi só isso. Ele inventou também aparelhos que ajudavam as pessoas a se recuperarem de cirurgias e que melhoravam a vida das pessoas. Como médico cirurgião, ele fez mais de 22 mil cirurgias e raramente um paciente morria em suas mãos. Ele era como uma luz brilhante. [Mostrar a lâmpada ou a vela acesa.]
Mas, um dia, ele começou a ensinar ideias estranhas, que não estavam de acordo com o que a Bíblia dizia. [Mostrar a Bíblia.] A Sra. Ellen ficou muito preocupada e o aconselhou a não continuar com aquelas ideias, pois eram perigosas. Ela escreveu para ele e falou com ele como se fosse um filho. Mas Kellogg não gostou dos conselhos da Sra. White e decidiu continuar fazendo o que ele achava que era certo.
A Bíblia é comparada a uma luz; uma lâmpada, que ilumina nossos caminhos. Kellogg também foi comparado a uma luz brilhante. Mas, quando ele decidiu seguir seu próprio caminho, sabem o que aconteceu? A luz dele se apagou. [Apagar a lâmpada ou a vela.]
Foi uma pena! Ellen White ficou muito triste por causa das escolhas que ele fez. E, antes de morrer, ele já não estava mais na Igreja Adventista. Não fez parte do grupo de pessoas que guardou a verdade em seu coração.

Apelo: Sabem, crianças, é Deus quem nos dá a inteligência e devemos aproveitar esse presente. Mas nunca devemos permitir que o orgulho nos afaste dos caminhos de Deus. Todos podem até cometer erros, mas precisamos dar ouvidos aos conselhos daqueles que nos amam e querem nosso bem. Acima de tudo, temos que fazer da Palavra de Deus o nosso guia seguro. Afinal, ela é a luz que nos conduz nos caminhos seguros. Que Deus abençoe a todos e que nossa luz nunca se apague!

Baixe esse livreto completo!

 

WordPress Lightbox Plugin