Ministério da Criança

Como Fortalecer as famílias

Ellen Bresee

Um renomado cientista disse certa vez que se houvesse uma guerra nuclear o primeiro que as pessoas fariam depois de passado o perigo seria procurar suas famílias.

Nós, como esposas de ministro, não temos como deixar de observar a variedade de famílias em nossas congregações.

As famílias são importantes para nos ensinar e são importantes para Deus. Os Teste-munhos nos dizem que os lares cristãos que vivem de acordo com o plano de Deus são Seus agentes mais eficazes para o avanço de Sua obra. Nossas famílias são símbolos da família celestial, para serem mostradas ao mundo, e para servirem de lições objetivas de como são as famílias que amam a Deus e guardam Seus mandamentos.

A história mostra o surgimento e queda de grandes sociedades antigas como as de Roma, Grécia e Egito. Quando as sociedades estavam no pico do poder e da prosperidade, as famílias eram fortemente estabelecidas e valorizadas. Quando a vida familiar enfraquece, não é valorizada e torna-se extremamente individualista, a sociedade começa a se deteriorar e fragmentar.

No livro Ciência do Bom Viver vemos que o coração da comunidade, da igreja e da nação é o lar. O bem-estar da sociedade, o sucesso da igreja e a prosperidade da nação dependem das influências do lar. A qualidade da vida familiar é extremamente importante para nossa felicidade e saúde mental como indivíduos.

Nos anos recentes a importância e estilo de vida da família e do lar têm sido questionados, mas a ação do pêndulo do mundo está passando para trás a importância de famílias fortes, que conhecem quais são as raízes da nação. Se esse for o caso, certamente nossa igreja deve tomar a posição de liderança na promoção de famílias cristãs fortes.

Muitos de nós não tivemos modelos ideais de como deveria ser a família cristã; então como podemos aprender? O modelo mais positivo que possuímos é a Palavra. Na verdade, é o único modelo verdadeiro e seguro. É a forma escolhida por Deus para transmitir Sua vontade a nossas famílias.

Interessei-me pelos resultados de um estudo realizado pelo Family Strengths Research Project (Projeto de Pesquisa do Poder da Família), em Oklahoma. O Cooperative Extension Service (Serviço de Extensão Cooperativa) auxiliado pelo agente do Home Economic Extension Service (Serviço de Extensão da Economia do Lar), em cada cidade de Oklahoma, trabalharam juntos para recomendar o que considero famílias especialmente fortes. Armados com materiais de diretrizes e de antecedentes, as famílias foram entrevistadas de forma abrangente.

Após o extenso material ter sido analisado, seis qualificadores se destacaram os quais pareciam exercer papel muito importante no fortalecimento e felicidade dessas famílias.

Se essas famílias foram consideradas como as mais destacadas em Oklahoma (essas tendência parecem ser as mesmas em um estudo nacional agora em andamento), então talvez deveríamos tirar tempo para examiná-las.

Passar tempo juntos – famílias que realizavam muitas atividades juntos. Esse tempo passado juntos não ACONTECIA POR ACASO. Eles FAZIAM acontecer. Mantinham-se uni-das em todas as áreas da vida: refeições, recreação, culto e trabalho.

  1.   Bons modelos de comunicação – Passavam tempo conversando e ouvindo com a-tenção. O bom ouvinte transmite respeito. Se você me ouve, então eu o ouço. Em um dos seminários que realizei, sugeri uma forma de ajudar as pessoas a realmente ouvirem o que você diz, caso sinta que esse não está sendo o caso. Escreva uma nota e expresse seus sentimentos e então peça a seu cônjuge para ler essa nota quando você não estiver presen-te, dando-lhe assim atenção total. Após a reunião um senhor me procurou para me agrade-cer e dizer que iria tentar esse recurso. Ele disse: “Minha esposa nunca escuta o que eu di-go; sinto como se ela estivesse falando com outra pessoa ao telefone e acenasse com a cabeça para mim dizendo: ‘sim, ouvi, continue …, mas prossegue falando com a outra pes-soa”. Ouvir é uma parte muito importante da boa comunicação.
  2.   Compromisso – Palavra impopular nestes dias. A maioria das pessoas não está dis-posta a comprometer-se de forma alguma, porém, essas famílias estavam profundamente comprometidas a promover a felicidade e bem-estar uns dos outros. Quando a vida se torna tão agitada que os membros da família sentem que não estão passando muito tempo juntos o quanto deveriam, sentam-se e preparam uma relação de atividades nas quais todos pos-sam estar envolvidos. Com percepção crítica organizam as prioridades a fim de reservarem mais tempo livre para a família.
  3.   Elevado grau de orientação religiosa – Isso harmoniza com a pesquisa realizada nos últimos 40 anos, que demonstra relacionamento positivo entre a religião e a felicidade conju-gal e relacionamentos bem-sucedidos na família. O compromisso se torna mais profundo ao freqüentarem a igreja e participarem das atividades religiosas. É o compromisso para com o estilo de vida espiritual. Este é descrito como a conscientização de Deus que lhes concedeu senso de propósito e de apoio e fortalecimento mútuos. Essa noção de comunicação com o Poder superior ajuda-os a serem mais pacientes uns com os outros, mais perdoadores, mais prontos a eliminarem a ira, mais positivos e mais incentivadores em seus relacionamentos. Em outras palavras, simplesmente viver o cristianismo na prática diária!
  4. Capacidade de enfrentar as crises de forma positiva – As crises são tratadas de forma construtiva. De alguma forma conseguem ver na situação mais negra algum elemento positivo, não importa o quão diminuto seja e concentram-se nele. Aprendem a confiarem e a contarem uns com os outros. Eles se unem e não permitem que a crise os fragmentem.
  5.   Admiração – Essas famílias expressam muita admiração uns pelos outros. Eles se edificam psicologicamente e dão uns aos outros muitas impressões positivas. Não há quem não aprecie estar na companhia de alguém que o ajude a se sentir bem consigo mesmo! Algumas vezes o marido prefere o ambiente do trabalho porque seus colegas o fazem se sentir melhor em relação a si mesmo do que sua esposa – sente-se mais respeitado. Infeliz-mente, a esposa não tem essa mesma possibilidade do marido e se ele não demonstrar a-preciação por ela sua auto-estima míngua e morre. O filho, muitas vezes prefere passar tempo com seus colegas porque estes não o criticam da forma que seus pais fazem. A afir-mação pode ser um jogo divertido na família. Tente fazer isso no culto familiar. Cada um tece algum elogio a outro membro da família. Recentemente fizemos isso em nossa família – com nossos filhos adultos, netos – e fomos profundamente tocados.

Creio que podemos encontrar esses seis princípios na Palavra de Deus. Apreciaria convidar cada um de vocês a fazerem um novo compromisso hoje, de reorganizar seus valores e prioridades a fim de que nossas famílias sejam verdadeiramente “famílias de Deus”.

  • klermont lira olivera

    oi

  • Jose vieira Gualberto

    Pretendo ser um voluntario em Moçambique, porque eu amo aquele povo

    • Stella Machado

      Irmão será maravilhoso!!!!

  • Tarcisio Martins

    Oi, sou menor de idade mais gostaria de participar, eu posso participar? Pretendo ir acompanhado com a minha melhor amiga mais somos menor de idade…

    • Sarah Costa

      Tarcisio tem o projeto calebe,menores de idade podem participar com a autorizacao dos pais e acontece em todo o Brasil,procure saber com o pastor local,ou com o pastor da sua associacao,inclusive este projeto vai dar um up no seu conceito de voluntariado e de ministerio jovem,voces vao gostar,abraco,Sarah.

    • Cleyson Marques

      missao calebe 2016 em osasco em julho,mais informacao 11999182876

  • Sonia Leques

    Oi, sou adventista aposentada, frequento a igreja de Garibaldi RS, realizo trabalho missionário voluntário em hospitais e comunidades carentes de nossa região, sou estudante de Recursos Humanos e gostaria de participar de um projeto na África onde falem o idioma português, tenho disponibilidade a partir de 20/12 á 15/02/2016. Meu marido trabalha na construção civil como pedreiro, hidráulico, eletrecista e temos vontade de participar da maranata construção de escolas e igrejas, gostaria se possível me dessem um retorno para o projeto da África, quais seriam os custos se as passagens são compradas individuais ou em grupo, se não houver oportunidade

    para o trabalho missionário na África neste período gostaria que me indicassem um projeto missionário no Maranhão, Piauí pois já fiz trabalho voluntário nestes lugares, ficando alojada na casa de irmãos, aguardo anciosamente o retorno pois tenho que me organizar.
    OBS: Meu marido e eu fizemos um plano com Deus assim que vendermos uma propriedade nos dedicaremos completamente ao trabalho voluntário missionário.

    • José Alves Maciel Jr.

      Olá Sonia. Não sei se já realizaram o sonho de ir para a África. Se não, podemos conversar. Somos a ADRA Angola. Entre em contato: jose.alves@una.adventist.org

  • Danie Schmidt

    Boa tarde, desejo a todos que Deus possa abencoa-lo no trabalho de voluntariados, venho por este meio apresentar a Colportagem deixarei meu contacto para mais informações danielschmidt220@gmail.com

  • Victor Vega Godoy

    Soy chileno radicado en Brasil, soy cantautor, pero e trabajado en diferentes cosas, conosco todos los trabajos que se hacen en el proceso de cosechas de uvas y estoy interesado en trabajar en la obra en el extranjero.

  • Nayara Falcao

    Boa tarde, Não haveria nenhuma missão para situação marital : casado???

    • voluntarios.adventistas

      Não no momento.

      Abraço

    • José Alves Maciel Jr.

      Para nós, ADRA Angola, depende das habilidades do casal. Se corresponderem ao perfil desejado, teremos oportunidade de trabalharmos juntos. Se estiver interessado no continente africano, mande um email para nós: jose.alves@una.adventist.org

  • Yago Souza

    Amigos, Maranata! O sonho de ser um missionário pode estar mais perto de se realizar pra você!
    Espero que você já tenha compreendido que a missão começa no lugar onde vivemos e estamos inseridos, depois disso, existem muitos chamados para pessoas solteiras e casadas também, geralmente a única especificação é que não tenham filhos! Procurem com atenção, deixem-se ser guiados pelo Espírito Santo e com certeza um chamado virá!

  • Roberto Ferreira Dos Reis

    Gente, tem algum projeto para universitários? Principalmente na área da saúde. Algum projeto de intercâmbio?

  • Douglas Nascimento

    Olá gente, sou médico e enfermeiro…
    sou Adventista e gostaria muito de participar nos projetos da igreja na área de saúde…
    douglas_nascimento@hotmail.com
    douglasnascimento;med@gmail.com

    • voluntarios.adventistas

      Olá Douglas, estarei enviando um email com as instruções para você daqui a pouco!

      • Douglas Nascimento

        ??????

    • JOSÉ ALVES MACIEL JR

      Douglas, temos interesse no perfil que descreveu. Somos a ADRA Angola. Se interessar uma experiência no continente africano, por favor entre em contato: jose.alves@una.adventist.org

  • Douglas Nascimento

    valeu..fico na esera..abraço

  • Marcio

    Bom Dia
    Sera que tem alguma missão para Desbravadores

    • voluntarios.adventistas

      Há pouco tempo atrás havia uma para o Quirguistão para aqueles que falam fluentemente o inglês.
      Você já tem cadastro em nosso site?

  • Ximena Gomez Cortes

    buenos dias quisiera ser voluntaria soy de colombia pero no tengo ningun titulo universitario he estado mirando la pagina y tratando de buscar la forma de comunicarme con la coordinadora de mi zona pero no me ha sido posible me gustaria saber

  • Ana Paula Pinheiro Pereira de

    Olá, queridos irmãos!
    Sou Psicóloga atuante na área social há 03 anos e membro da igreja Adventista recém-batizada. Gostaria de saber como poderia estar contribuindo ainda mais com a missão Adventista. anapaulabarros_psi@yahoo.com.br

  • Catarine

    Olá!!! Qual o site pra me inscrever??Sou nutricionista e estudo Direito, tbm sou fluente no francês e intermediária no inglês! Teriam algo pra mim?
    Catachal@hotmail.com

    • voluntarios.adventistas

      Olá Catarine, enviei um email para você!

  • Bruno Rosário

    Oi. Meu nome é Bruno Rosário, sou formado em Jornalismo e, neste ano, concluo o curso de Teologia. Quais as possibilidades? Abs
    jornalbruno84@gmail.com

    • voluntarios.adventistas

      Olá Bruno, você procurou algum chamado aqui nos links dessa página?

  • Junior Moura

    Amigo sou fotografo freelancer e serralheiro de aluminio, tem algo para min, meu email jrmourarp@gmail.com

    • voluntarios.adventistas

      Olá Junior, por enquanto não. Mas fique atento aos projetos que são mostrados nessa página, talvez um encaixe em seu perfil.

  • Kennedy Alves

    ola sou de manaus quero ser um voluntario mais nao sou formado em faculdade quero ajudar a levar a palavra pro mundo pode mi ajudar a ser voluntario
    kennedyalves0@gmail.com

    • voluntarios.adventistas

      Olá Kennedy, procure o ministério jovem da sua associação e peça para participar do projeto Um Ano em Missão.

  • Andreia Borges

    Olá! Sou Andréia Borges e estudo Música no Unasp-EC, queria poder servir a em alguma missão com esse meu conhecimento ou na área da música ou de Artes. Não sou formada ainda, mas meu propósito é ir ates de me formar e contribuir com o que eu já aprendi. Quero ficar um ano em missão e se possível no ano de 2017. Por favor me envie um chamado 😀 aguardo resposta.

    • Ducarmo Neri

      Olá Andréia! Há alguns chamados específicos que podem lhe interessar. Verifique na barra de links na parte superior “CHAMADOS” e depois procure pelo link “chamados de longo prazo”, que você vai encontrar vários chamados. E para se colocar à disposição à disposição da vaga é preciso se cadastrar. Se precisar de auxílio para mais informações ou realizar o cadastro, estou à inteira disposição. A Obra Missionária ao redor do mundo precisa cada vez mais de pessoas desprendidas! Continue firme! Meu email para contato : ducarmoneri@gmail.com

    • voluntarios.adventistas

      Andréia boa tarde!
      Existem chamados para área de música na Bolívia e no Uruguai. Nessa mesma página na seção Chamados para países da Divisão Sul-Americana você irá encontrar essas vagas. Então faça o seu cadastro em nosso sistema e aplique para qual vaga lhe interessar mais.

    • JOSÉ ALVES MACIEL JR

      Andreia, temos interesse no perfil que descreveu. Somos a ADRA Angola. Se interessar uma experiência no continente africano, por favor entre em contato: jose.alves@una.adventist.org

      • Bruna

        José, boa noite. Me chamo Bruna e sou farmaceutica há 11 anos. Busco há muito tempo o sonho de ajudar as pessoas no continente africano. Trabalhei por 5 anos em hospitais e com quimioterapia no hospital Amaral Carvalho de Jau, que é um dos que maiores hospitais do Câncer de SP e consequentemente Brasil. Quero ir para uma missão por tempo indeterminado pois sei que isso me falta, o ajudar e usar o conhecimento que Deus me deu para salvar e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Aguardo resposta. Muito obrigada.

        • José Alves Maciel Jr.

          Bruna, temos interesse no perfil que descreveu. Somos a ADRA Angola. Já que está interessada em servir no continente africano, por favor entre em contato: jose.alves@una.adventist.org

  • Paulo Pazette

    Boa noite irmãos. Me chamo Paulo Pazette (41 anos)sou engenheiro civil e minha esposa enfermeira ( 41 anos), ambos com muita experiência em nossas áreas . Somos adventistas de longa data; procurei e muito, sites ou páginas que nos levassem para o trabalho missionário, mas sem sucesso. Sei que esta página é para voluntários, mas creio que vcs podem nos colocar em contato com alguem que pode nos engajar em uma missão onde poderemos trabalhar para causa de Deus usando nossas profissões.
    Desde já agradeço.

    • voluntarios.adventistas

      Realmente desconheço a quem poder encaminhar vocês com exceção da ADRA. Entre em contato com eles.
      Abraço

      • Paulo Pazette

        Obrigado

        Em terça-feira, 8 de novembro de 2016, Disqus escreveu:

        • JOSÉ ALVES MACIEL JR

          Paulo, temos interesse no perfil que descreveu do casal. Somos a ADRA Angola. Se interessar uma experiência no continente africano, por favor entre em contato: jose.alves@una.adventist.org

  • Elian

    olá, sou tecnico em eletronica e amo dar estudos biblicos, posso ser útil em algo?

    • voluntarios.adventistas

      Verdade Elian, o site está em manutenção e por isso está dando erro. Por favor, tente novamente amannhã.

    • voluntarios.adventistas

      Elian, o site voltou a funcionar novamente. Você pode pesquisar lá novamente os chamados!

  • Helena

    Boa Tarde! Gostaria de nas minhas ferias em 2017 vivenciar uma missão por meio de um voluntariado de 20 dias, pode indicar algo? Sou Enfermeira.

  • Loriza Kettle

    Olá, estou procurando os trabalhos mas a página dá erro. Quando volta ao normal???

    • Rafael MS

      O site estava em manutenção mas já voltou ao normal.

  • Loriza Kettle

    Boa tarde. Existem oportunidades para a área de comunicação ou jornalismo? Sou adventista de berço e graduada em Jornalismo pelo Unasp/SP.

  • Day Lirios

    olá sou Daiane sou adventista a 11 anos , tenho 23 anos gostaria muito de ser voluntaria na argentina ,tenho o espanhol intermediário não tenho profissão, estou desempregada mais já trabalhei como ajudante e auxiliar de serviços gerais.Sei que toda ajuda é bem vinda e estou disposta a trabalhar para causa de DEUS ..peço uma oportunidade por favor .

    • Serviço Voluntário Adventista

      Hola Daiane!…Acabamos de enviar un mensaje a su e-mail!!

  • Cleane Santana da Conceição

    Olá mim chamo Cleane moro em Açailandia-MA gostaria de ser voluntária só adventista não só formada ainda, estou desempregada tenho curso profissionalizante na aria de inglês ,espanhol, relação humanas ,segurança do trabalho e técnico em meio ambiente, gostaria muito de ajuda de alguma forma poder levar a palavra de Deus, pesso uma oportunidade .

  • Beatriz Nascimento

    Olá sou Beatriz, sou adventista,tenho 23 anos, sou fisioterapeuta e gostaria muito de ser voluntária, gostaria de saber algumas informações de como me inscrever para participar desse projetos.

  • Jose Alexsander Polanco Salas

    hola!! Buenas tardes! soy Venezolano, me gustaria saber mas sobre los voluntarios adventistas, tengo 24 años estudiante del decimo semestre de idiomas modernos..quiero ser un voluntario deseo tener mayor información.

  • Paula Martins

    Olá, sou biomédica microbiologista e socorrista. Sou adventista há 19 anos e trabalhei durante muitos anos em países da América Latina, Europa meditarrânea, Norte Europeu, além de Estados Unidos e Canadá. Falo inglês, espanhol e italiano fluentes. Gostaria me voluntariar em minhas férias em países da Ásia, Norte Europa ou Norte Americano. Já me candidatei no site. Mas acho que eles só escolhem estudantes dos colégios adventistas ou Pastores?! Alguma orientação?

    • voluntarios.adventistas

      Olá Paula, entre em contacto com João Marcos através do email joao.colares@adventistas.org

      Ele poderá te ajudar em tudo o que necessitas. Tenha um lindo dia!

  • Elizeu Santana

    Olá.. me chamo Elizeu Santana, sou Adventista há 13 anos, tenho 34 anos, sou formado em Administração de Empresas, MBA em Liderança/Coaching. Atualmente estou desempregado. Sempre tive o sonho de participar de voluntariados internacionais. Para tanto, como devo proceder, aguardo contato de vocês? Obrigado e fiquem com Deus!

    • voluntarios.adventistas

      Bom dia! Pode nos escrever para o e-mail: voluntarios@adventistas.org . Com prazer poderemos responder suas dúvidas acerca do processo para ser um voluntário. Deus abençoe!

  • José Alves Maciel Jr.

    Saudações. A ADRA Angola gostaria de dar preferência aos voluntários da América do Sul, especialmente do Brasil. Somos nações irmãs, falamos o mesmo idioma, mas em Angola as necessidades são maiores. Por essa razão, se você é da área educacional, saúde, construção e gostaria de ter uma experiência em Angola, por favor, fale conosco: jose.alves@una.adventist.org

    • Socorro Moura

      Não sou adventista, poderia me cadastrar para esses trabalhos sociais, tenho formação técnica em enfermagem, meu contato (91)982078643 socorro Alves

    • Ana Maria Zakszeski

      Ola, sou Cirurgiã Dentista e gostaria de ajudar! Meu contato é (55) 99649-3828 e ana_zaks@hotmail.com

  • Elaine

    Gostaria de participar de um projeto fora do Brasil, porém minha formação é nível médio com inglês fluente ,período 10 dias.

  • Kennedy Alves

    ola gostaria de ser voluntario,queria muito poder serve onde me mandarem,porem meus recursos sao limitados e nao tenho formação superior
    Poderia eu ser volintario com essas limitaçoes
    kennedyaçves0@gmail.com

    • Serviço Voluntário Adventista

      Boa tarde Kennedy!
      Poderia especificar quais são suas dúvidas em anseios através de um e-mail para voluntarios@adventistas.org ?!
      Deus ate abençoe, abraço!

  • Milla Costa

    Olá , meu nome é Emília
    .
    Minha duvida é: como eu faço pr entrar em um progeto missionário e fazer faculdade numa universidade adventista ( qualquer lugar do planeta ). Este ano eu estou concluindo meu ensino médio, e ano que vem pretendo cursa medicina .
    emiliacosta2327@gmail.com

    • Serviço Voluntário Adventista

      Boa tarde Emília!
      Não consegui entender muito bem. Mas se você quer fazer faculdade, tem que entrar em contato com as universidades de seu interesse e estar sempre atenta às inscrições dos vestibulares.
      Se tem alguma dúvida sobre o Serviço Voluntário, por favor nos escreva: voluntarios@adventistas.org
      Um abraço, Deus te abençoe!

  • Erik AlvesCsc

    Olá, gostaria de saber se tem algum serviço voluntario pra casal.
    no aguardo. Abraços e que Deus os abençoe!!!

  • Maycon Douglas

    Olá, meu nome é Maycon, tenho 27 anos, tenho experiência como obreiro bíblico, gosto muito da missão, queria saber se tem algum lugar que eu possa ser obreiro bíblico voluntário, desde já obrigado!!

    • William Timm

      Parabéns pela sua decisão Maycon, entre em contato com esse email aqui: voluntarios@adventistas.org
      Eles poderão te ajudar!

  • @1996y_s2

    Olá gostaria de saber como participar, sou estudante de pedagogia e adventista há 7 anos, tenho 21 anos….
    Precisa saber falar um idioma diferente?

  • Gletheane Silva

    BOA TARDE SOU NUTRICIONISTA, ADVENTISTA, TENHO 35 ANOS. SOU CASADA E TENHO 2 FILHOS GOSTARIA DE SABER SE EXISTE UMA OPORTUNIDADE DE SER VOLUNTÁRIA A CURTO PRAZO COM MINHA FAMÍLIA? DENTRO OU FORA DO PAÍS

  • Elizabeth

    Sou Enfermeira desde 2008, nascida em 1973 e meu Esposo é advogado no Brasil desde 2007, nascido em 1969, temos duas filhas, uma nascida em 2001 e outra em 2007, sentimos que temos o chamado para o trabalho missionário, e queremos saber como poderíamos nos habilitar para o serviço voluntário como missionário pela Igreja.

  • Daniel Ortega Baquerizo

    Hola, tengo 24 años y soy estudiante de Teología, estoy a un año de acabar mi carrera en la Universidad Adventista de Chile pero antes me gustaría ser misionero en el Líbano, en donde pueda capacitarme en MEU como misionero para el mundo islámico. ¿?

  • Laís Silva

    Olá! Eu tenho 21 anos, ainda não faço curso superior, apenas pré vestibular. Sou fluente em inglês e espanhol, trabalho no departamento da criança na igreja. Tenho disponibilidade para chamados ao redor do mundo ou no Brasil.

  • Luiz Evaristo Oliveira

    Olá. Sou enfermeiro com 6 anos de experiência no Hospital Adventista e minha esposa é professora de português na rede adventista de educação. Como poderíamos ser missionários em tempo integral fora do Brasil? Meu email é luiz_enfermeiro@yahoo.com.br. Aguardo!

  • Elisangela Cardoso

    Boa tarde ! Meu nome é elisangela cardoso gostaria de servir como voluntaria para velar a palavra de Deus a tantos pequeninos e ter essa experiência sou técnica de enfermagem sou da quadrangular mais servimos a um só Deus nao falo outra lingua mais Deus que nos capacita no momento estou sem trabalho gostaria muito de servir como voluntaria para levar a palavra De Deus meu muito obrigado pela sua atenção amém.

WordPress Lightbox Plugin