Ação Solidária Adventista

Mutirão de natal

Você é o Mutirão de Natal

Ao se engajar neste projeto, em primeiro lugar você deve se tornar um doador. E, o que você como participante vai doar?

  • Alimentos não perecíveis.
  • Tempo para a arrecadação de alimentos, roupas, calçados e brinquedos.
  • Tempo para o projeto social que será realizado pela sua equipe. Como exemplo, pode ser a reforma de um asilo, a pintura de um orfanato, a troca de colchões, etc.
  • Se possível, doação de sangue ou medula óssea.

Além disso, doe em abundância amor, alegria, entusiasmo, talentos, ideias, recursos, tudo que possa contribuir para alcançar os objetivos do projeto!

A primeira fase do projeto é aquela em que todos os membros da equipe trazem uma cesta básica. Se for uma pessoa de pouca condição financeira, ela pode trazer 2 quilos de alimentos. A idéia é que todos possam dar alguma coisa antes de receber, já que assim se sentirão envolvidos e comprometidos.

Como arrecadar?

Você é o Mutirão de Natal em sua família e entre amigos

Depois que você se tornou um doador, apresente o projeto para seus familiares e amigos incentivando-os a serem doadores, colaborarem com você na arrecadação de alimentos ou participarem em outras tarefas do projeto.

multirao1

Você é o Mutirão de Natal em seu prédio

Numa reunião do condomínio, apresente o projeto Mutirão de Natal. Incentive o envolvimento de todos doando e arrecadando alimentos ou participando de outras possíveis tarefas como a doação de sangue, etc.

Você é o Mutirão de Natal em sua escola

Apresente à diretoria da escola o projeto Mutirão de Natal. Você pode ser um instrumento de Deus para mobilizar uma classe, uma escola ou uma universidade. Deus não precisa de muitos, mas de poucos que Ele possa usar como instrumento.

Você é o Mutirão de Natal em sua empresa

Apresente vídeos para a diretoria da empresa, os quais estão disponíveis na página web do projeto Mutirão de Natal. Você poderá fazer as seguintes propostas: Que a empresa realize o projeto envolvendo funcionários e familiares. Que você possa realizar o projeto com seus colegas utilizando os materiais. Que a empresa doe uma cesta básica para o projeto em nome de cada fornecedor, amigo, ou cliente especial e remeta-lhe um cartão dizendo isto.

Você é o Mutirão de Natal na vizinhança

O projeto pode ser apresentado para os moradores da sua rua, ou ainda para aqueles que vivem nos arredores da sua igreja. Sempre que possível é interessante usar um colete ou uma camiseta para identificação. Ao abordar pessoas que você ainda não conhece, procure saber e chamá-las pelo nome. Deixamos uma sacola, respondemos às perguntas e marcamos um dia para a arrecadação dos alimentos e outros bens. O intervalo entre a apresentação do projeto e a arrecadação deve ser no máximo de 15 dias.

Baixe

Materiais de divulgação

Baixe

Guia: Como organizar o mutirão de natal

Perguntas frenquentes

O que é o Mutirão de natal?

O Mutirão de Natal é um projeto social da Igreja Adventista do Sétimo Dia que primordialmente provê uma ceia de Natal digna para pessoas que vivem na pobreza e que nesta data festiva, não têm nem mesmo o básico para a sobrevivência: um prato de comida.

Entretanto, o projeto vai além da atenção para indivíduos e famílias carentes, e se sensibiliza com a situação de crianças e idosos que vivem em instituições de caridade, destinando-lhes alimentos e outros bens arrecadados.

Também, parte dos alimentos é reservada para a ADRA – Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais para a resposta às emergências e catástrofes que atingem milhares de pessoas a cada ano.

Além de alimentos, o Mutirão de Natal faz a arrecadação e distribuição de roupas, calçados e brinquedos para crianças que jamais teriam a oportunidade dessa alegria. Ainda, motiva seus participantes e colaboradores a doarem sangue e medula óssea que são vida para muitas pessoas enfermas, e os mobiliza para implementarem outros projetos sociais de desenvolvimento comunitário.

O Mutirão de Natal nos leva a olhar com amor para os que estão sofrendo na escravidão da pobreza, da miséria, da fome, do analfabetismo, da rejeição, do desamparo, da exclusão social e nos impulsiona a agirmos não somente no Natal, mas no Ano Novo, fevereiro, março,… o ano todo.

O Mutirão de Natal nos faz pensar que aqueles com quem entramos em contato nesta ocasião estão em busca não somente de uma ajuda e alegria momentânea,

mas sim de soluções duradouras, definitivas, que lhes restaurem a dignidade. Estão em busca de ferramentas que lhes deem a possibilidade de se desenvolverem como pessoas e alcançarem uma vida melhor.

O Mutirão de Natal traz esperança de que ainda existe amor genuíno, desinteressado, esperança de que ainda existem pessoas dispostas a saírem da redoma de sua própria vida para demonstrar preocupação pelos que estão ao redor, esperança de que, apesar das barreiras e desafios, é possível transformar vidas.

O Mutirão de Natal nos faz lembrar de que Aquele que nasceu e Se fez um dentre nós Se angustia com os momentos de sofrimento de cada uma de Suas criaturas, e espera que nós, que professamos ser Seus seguidores, tenhamos o mesmo sentimento e transbordemos o desejo de agir contra os frutos do pecado, utilizando nossos talentos, recursos e tempo para aliviar a carga dos outros em Seu nome.

História do mutirão

A Igreja Adventista do Sétimo Dia deseja expressar, de maneira especial, um agradecimento ao casal Marli e Sergio Azevedo.

 

Segundo depoimento da Sra. Marli, ao lembrar que milhares de famílias brasileiras não têm recursos mínimos para ter uma ceia de Natal, e vendo sua própria mesa farta, ela e o esposo decidiram fazer algo em favor dos necessitados. Surge então a idéia do Mutirão de Natal.

Em 1994, na Igreja Adventista de Botafogo – Rio de Janeiro, o casal, juntamente com seu pastor e a liderança jovem, desenvolveram as regras de uma gincana e a colocaram em prática com a ajuda de toda a igreja. A partir dessa iniciativa, o Mutirão de Natal passou também a ser implementado por outras igrejas, e hoje está se alastrando por todo o território da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Somente em 2009, foram arrecadadas 5.387,6 toneladas de alimentos, contribuindo assim para que milhares de famílias tivessem um Natal diferente, mais alegre, mais nutritivo, mais feliz. Muitas instituições assistenciais também foram beneficiadas, além de milhares de pessoas atingidas por situações de emergência que foram atendidas através da ADRA.

Por isso, nossa gratidão à Marli e ao Sergio por fazerem com que o Mutirão de Natal não seja apenas um projeto particular, ou de uma congregação, mas de todos nós.

Por que no Natal?

A correria da vida muitas vezes sufoca, esfria o coração, tornando-o insensível para o que acontece ao seu redor. Entretanto, há momentos em que não importa quão duro ele esteja, somos tocados pelo amor que nos enternece, tornando-nos mais solidários, dispostos a colaborar e ajudar aos mais necessitados. Um desses momentos é justamente o Natal. Por isso, as ações deste projeto têm seu auge na época do Natal. Por isso, Mutirão de Natal.

Entretanto, o projeto não se limita a este momento. O espírito solidário e os recursos arrecadados devem perdurar durante todo o ano. Devemos estar cientes de que esta iniciativa não deve acontecer somente no Natal.

Veja o testemunho abaixo:

“Rogo a Deus para que este sentimento não seja uma coisa que aconteça só no Natal, quiçá habite o nosso coração todos os meses, todas as semanas, todos os dias. Que essa solidariedade, esse ato de amor que se dá ao próximo, seja uma coisa que se pratique ao acordar e até o momento que se vá dormir.”

Celso Freitas – Jornalista / Apresentador

Como participar?

Sou membro da igreja adventista e minha igreja está realizando o Mutirão de Natal.

 

Possivelmente sua igreja está dividida em 3 equipes. Portanto, procure o(a) Coordenador(a) do projeto em sua igreja e ele(a) dará orientações sobre em qual equipe você poderá se integrar. Então, o(a) líder da equipe poderá informar qual é a melhor maneira para você participar.

 

Sou membro da igreja adventista, mas minha igreja não está realizando o Mutirão de Natal.

Primeiro, procure saber se para este ano sua igreja vai realizar o projeto. Caso a resposta seja negativa, incentive a liderança a envolver-se com esta idéia ainda no ano em curso ou realizar preparativos para o próximo ano.

Você pode ainda montar uma equipe de voluntários e ajudar uma das equipes de uma igreja que está participando. Adquira experiência para poder ser útil quando sua igreja decidir realizar o projeto.

Sou amigo da igreja adventista e gostaria de participar.

Você não precisa ser membro da igreja adventista para fazer parte deste projeto. Você pode participar de diversas maneiras, tudo depende da forma como deseja se envolver. Primeiro, escolha uma igreja na relação das que estão participando do Mutirão de Natal e entre em contato com os organizadores do projeto. Você pode ajudar realizando doações, participando como membro de uma equipe e também formando uma equipe de voluntários para ajudar arrecadando alimentos.

Como distribuir?

A Comissão Organizadora deve fazer um plano para a distribuição dos alimentos e dos outros bens arrecadados. Deve ser feita uma pesquisa para ajudar os verdadeiramente necessitados. Isto dá trabalho, mas também dá resultados!

Para a seleção dos beneficiários deve ser tomado em conta:

1º. As necessidades da Ação Solidária Adventista (ASA) da igreja local.

É recomendável coordenar esta atividade com a ASA da sua igreja, pois esta provavelmente deve ter um cadastro de pessoas ou famílias carentes identificadas como prioritárias para assistência, devido à sua situação sócio-econômica.

Também, a ASA poderá utilizar parte dos alimentos arrecadados para promover cursos de alimentação saudável e educação nutricional, especialmente para famílias carentes com crianças menores de 5 anos, prevenindo a desnutrição.

2º. As necessidades da ADRA.

Os alimentos e outros bens serão utilizados pela ADRA em duas frentes:

  • Nos projetos de resposta a emergências e catástrofes que cada vez estão ocorrendo com maior freqüência.
  • Nos projetos de desenvolvimento comunitário para preparo da alimentação complementar oferecida, por exemplo, nos Núcleos Infantis e Centros Adventistas de Desenvolvimento Comunitário (CADECs).

 

3º. As necessidades de instituições assistenciais tais como asilos, abrigos, orfanatos, creches, etc., identificadas preferencialmente no bairro ou região onde a igreja está inserida.

Ter um plano de distribuição gera confiança, credibilidade e derruba preconceitos dos doadores. Além disso, elimina a possibilidade de que algumas pessoas pensem que só a igreja envolvida é quem recebe os benefícios. Lembre-se que cada doador confiou ao projeto um bem que ele acredita será utilizado da melhor maneira possível. Portanto, arrecadar é importante, mas distribuir corretamente é uma responsabilidade!

Devem ser estabelecidas as datas, horas e locais para as distribuições com a participação de todas as equipes e dos doadores.

Em resumo, a distribuição deve ser bem planejada, organizada e criteriosa.

Para as doações de sangue e medula óssea, a Comissão Organizadora deve contatar bancos de sangue ou hospitais e coordenar com o projeto dos jovens adventistas “Vida por Vidas”.

 


Vídeos

Atenção! O tamanho do Widget selecionado é incompatível com esta Sidebar. Por favor, reveja suas configurações.

Encontre uma igreja

28046
Igrejas Adventistas estão localizadas na Divisão Sul-Americana

Atenção! O tamanho do Widget selecionado é incompatível com esta Sidebar. Por favor, reveja suas configurações.